Isto é uma página de arquivo

Todas as notícias do dia estão agora disponíveis na página principal do portal SAPO

27 de Janeiro de 2012, 12:57

Projeto de lei sobre Cópia Privada

SPA divulga abaixo-assinado com subscrição falsa

António Pinho Vargas está incluído na petição da SPA e garante não ter assinado qualquer abaixo-assinado António Pinho Vargas está incluído na petição da SPA e garante não ter assinado qualquer abaixo-assinado Imagem: ESTELA SILVA/LUSA

O assunto surgiu nas redes sociais quando um cibernauta questionou António Pinho Vargas sobre a inclusão da sua assinatura numa petição da Sociedade Portuguesa de Autores, que reivindica uma “rápida revisão” da Lei da Cópia Privada “que contemple remunerações sobre os suportes, aparelhos e dispositivos de armazenamento digitais”.

"Não assinei nada. O assunto provoca-me dúvidas e a presença do meu nome será portanto abusiva”, respondeu, ontem, no Facebook, António Pinho Vargas.
Ao SAPO Notícias, o músico esclareceu que já enviou por correio eletrónico um pedido para a SPA retirar o seu nome da lista, já que “a questão não é clara” para o artista que diz não ter sido consultado.

"O abaixo-assinado em causa foi iniciado há cerca de ano e meio por Pedro Osório. Num comunicado enviado à SPA, António Pinho Vargas diz não se recordar de o ter subscrito, mas afirma que até pode ter acontecido", esclareceu José Jorge Letria. O presidente da Sociedade Portuguesa de Autores diz que "o assunto não é uma polémica", que o autor continuará a merecer todo o respeito da cooperativa e que o seu nome já foi removido da lista.

“Não devia estar incluído como apoiante de uma posição que não assumi, de um texto que não li”, avança. “Não creio que tenham contactado todas as pessoas da lista”, acrescenta, ainda, o autor, referindo-se aos outros 105 nomes do abaixo-assinado.

Relativamente ao pedido de retirada do nome da petição da SPA, o autor salvaguarda que “isso não significa que apoie os opositores dessa posição”.
“Todas as questões relativas aos direitos de autor são complexas mas a defesa do princípio não implica apoio a todas as iniciativas da SPA, ainda mais legislativas”, conclui o músico e compositor.

A petição divulgada pela SPA surge no âmbito da discussão do projeto de lei sobre a Cópia Privada, apresentado pelo PS no Parlamento, e que está a gerar polémica nas redes sociais, blogosfera e até entre artistas.

SAPO

Este artigo foi escrito ao abrigo do novo acordo ortográfico.

Comentários

Critério de publicação de comentários

publicidade

publicidade