Isto é uma página de arquivo

Todas as notícias do dia estão agora disponíveis na página principal do portal SAPO

22 de Julho de 2008, 16:15

Guiné-Bissau: Prazo para recenseamento eleitoral alargado até sábado - governo

"O recenseamento eleitoral tem de ser prorrogado para atingir o número de potenciais eleitores", afirmou Certório Biote.

Segundo o ministro da Administração Interna, a decisão foi tomada após uma reunião realizada com todas as partes envolvidas no processo.

O recenseamento eleitoral na Guiné-Bissau, de cerca 700 mil potenciais eleitores para as legislativas de 16 de Novembro, começou a 03 deste mês e deveria terminar quarta-feira.

Segundo o Instituto Nacional de Estatísticas e Censo (INEC), cerca de 70 por cento dos potenciais eleitores já procederam ao seu recenseamento.

Contudo, os partidos políticos do país têm criticado a forma como está a decorrer o processo, sobretudo devido à alteração das localizações das mesas para o recenseamento eleitoral.

Os partidos políticos criticaram também o governo por não ter realizado a campanha informativa sobre o recenseamento nos órgãos de comunicação social.

O Partido Africano da Independência da Guiné e Cabo Verde (PAIGC), maior força política do país, solicitou, entretanto, o alargamento do prazo do recenseamento eleitoral até 02 de Agosto próximo.

Segundo o PAIGC, o INEC, contratado pelo governo para realizar o recenseamento, fez um novo mapa cartográfico do país e não comunicou aos partidos políticos a sua existência, impedindo que as populações fosse informadas sobre as novas localizações das mesas de recenseamento eleitoral.

MSE/MB.

Lusa/Fim

Agência Lusa

Comentários

Critério de publicação de comentários

publicidade

publicidade

publicidade