Isto é uma página de arquivo

Todas as notícias do dia estão agora disponíveis na página principal do portal SAPO

17 de Abril de 2008, 15:38

Cascais: Primeiro Conservatório de Música inaugurado sábado para espalhar cultura - C/ FOTOS

A nova escola será também a sede do grupo que a impulsionou, a Orquestra de Câmara de Cascais e Oeiras, e vai funcionar como estabelecimento oficial de ensino a partir de Setembro, depois de a autarquia ter investido 1,4 milhões de euros na recuperação da antiga pensão Boaventura, no Monte Estoril.

Até lá, as salas de aula, o auditório de 120 lugares e o jardim vão estar ocupados pelos cerca de 150 alunos da actual escola da orquestra e os seus quinze membros e músicos convidados, sob a direcção do maestro búlgaro Nikolay Lalov.

"Este é o último passo para realizar um projecto que tem dez a doze anos, desde que começámos só com a orquestra de Cascais, sem um espaço próprio para ensaiar, a fazer cinco ou seis concertos por ano. Este número subiu agora para 90 e 80 por cento dos músicos trabalham a contrato", explicou à Lusa o responsável.

"O Conservatório tem excelentes condições, que poucas escolas têm, e estamos já a receber novas inscrições. Vamos fazer uma divulgação nas próximas semanas e também já falei com mestres de bandas, para que os miúdos possam frequentar um curso oficial", acrescentou.

Nikolay Lalov garante, no entanto, que é igualmente importante ensinar aqueles que pretendem manter-se como músicos amadores, uma vez que a eles cabe encher as salas de espectáculo e aproximar todos os públicos da arte.

"A cultura, em particular a música, já não é um luxo, é uma primeira necessidade, faz parte da formação dos jovens. A ideia inicial era estar perto da população, levar-lhe música, portanto vamos tentar criar um pólo cultural no concelho e rentabilizar o edifício ao máximo", adiantou o maestro.

Concertos, simpósios, conferências e outras iniciativas na área da investigação musical integram, por isso, o cartaz de um espaço que pretende manter-se de portas abertas por longos anos e retribuir o carinho dos munícipes de Oeiras e Cascais.

Depois da inauguração do Conservatório, que resulta de um projecto do ateliê ARX Portugal, os mais novos talentos musicais da Linha mostram domingo, a partir das 16:30, os resultados de uma verdadeira sinfonia de "trabalho, dedicação, alegria e esperança".

RYC.

Lusa/Fim

Agência Lusa

Comentários

Critério de publicação de comentários

publicidade

publicidade

publicidade