Isto é uma página de arquivo

Todas as notícias do dia estão agora disponíveis na página principal do portal SAPO

03 de Janeiro de 2008, 23:11

Tecnologia: Criado sistema para acesso rápido à Net em caso de catástrofes

Segundo o investigador espanhol Javier Rodríguez Molina, estudante de pós-graduação a quem ocorreu a ideia, a solução é recorrer a um robot móvel que abra uma espécie de bolha de Internet ao seu redor.

Rodríguez Molina integra uma equipa do Instituto de Telecomunicações e Tecnologia Informática da Universidade da Califórnia em São Diego que quer transformar o modo como os serviços de emergência respondem a um desastre.

Actualmente, algumas empresas dos Estados Unidos já oferecem a bombeiros e ao pessoal médico a hipótese de criarem uma rede de Internet sem fios em centros de controlo improvisados.

O sistema de Rodríguez Molina pretende ir mais longe e usar um robot do tamanho de um carrinho de brincar que funciona como uma plataforma, reunindo sensores de radiação, um braço mecânico para recolher amostras, uma bússula digital ou um receptor de GPS (sistema de posicionamento global já disponível em telemóveis e automóveis, por exemplo).

O engenho poderá funcionar em qualquer lugar, necessitando apenas de ligação a um telefone ou a um computador com acesso à Net para difundir vídeos, sons e dados.

Como o robot permite criar um espaço de Internet sem fios em 200 metros ao seu redor, esse espaço pode ser utilizado para que, numa situação de catástrofe, se enviem dados sobre a ocorrência ou os médicos se informem sobre os hospitais mais próximos para onde podem enviar os feridos.

A equipa que está a trabalhar no invento tem ainda em mente um objectivo mais arrojado: criar um grupo de robots que se desloquem sozinhos sob o comando de um robot principal, para poderem deslocar-se a determinados locais e criar aí "bolhas" de acesso à Internet.

HSF.

Lusa/fim

Agência Lusa

Comentários

Critério de publicação de comentários

publicidade

publicidade

publicidade