Isto é uma página de arquivo

Todas as notícias do dia estão agora disponíveis na página principal do portal SAPO

19 de Março de 2009, 00:38

EUA: Mulher diz em tribunal que 43 milhões em pensão de alimentos não chega para pagar despesas

Marie Douglas-David, banqueira de investimento de 36 anos, afirmou que não tem rendimentos e que necessita que o seu marido de 67 anos, George David, pague mais que os 53 mil dólares por semana propostos para cobrir estas despesas.

George David deixou o cargo de presidente executivo da United Technologies em 2008, continuando no entanto como presidente não executivo da empresa e tem uma fortuna avaliada em 329 milhões de dólares.

Casados desde 2002, ambos terão assinado um acordo pós-nupcial em 2005 que previa o pagamento de 43 milhões de dólares a Marie Douglas-David em caso de divórcio.

Entre acusações de infidelidade, a mulher alega agora que o seu marido a coagiu a assinar o acordo, ameaçando-a de que pediria o divórcio e lhe retirava os filhos que têm em comum, pedindo agora a anulação do acordo.

NM.

Lusa/fim

Agência Lusa

Comentários

Critério de publicação de comentários

publicidade

publicidade

publicidade