Isto é uma página de arquivo

Todas as notícias do dia estão agora disponíveis na página principal do portal SAPO

28 de Dezembro de 2007, 12:00

Fim de Ano: Entre os 500 e os 37 euros, é só escolher o reveillon preferido

O Salão Preto e Prata do Casino Estoril é o palco daquela que deverá ser a meia-noite mais cara do ano e que obriga os "convidados" a apresentarem-se de smoking.

Woody Allen e a sua banda de jazz são apenas parte da animação proposta pelo Casino que sugere para a ementa pratos como Magret de Pato Fumado com Recheio de Foie Gras e Pera Baby com Frutos Silvestres e Lombinho de Lagosta sobre Mil Folhas de Cogumelos e "Sabayon" de Champagne, entre outros.

Mais simples, a Sociedade Filarmónica Alunos de Apolo sugere "muita animação" com os Conjuntos Mónaco e Quarta Audição, o Duo Lima e Manuel e o DJ Beto.

Para quem quiser limitar-se a assistir unicamente ao espectáculo, os Alunos de Apolo tem mesas para quatro pessoas, no valor total de 100 euros, a que acrescem mais cinco euros se for pedida uma garrafa de espumante e um bolo-rei.

Quem pretender jantar ou cear terá de pagar, além da sua parte na mesa, mais 12,50 euros para ter direito a uma ementa que engloba caldo verde, um prato principal de peixe ou de carne, sobremesa, bebidas e café.

O prato de peixe é composto por filetes de cherne gratinado com grelos salteados e puré, enquanto o prato de carne é vitela assada no forno com castanhas e batatas.

Se na quinta-feira a Filarmónica Alunos de Apolo ainda tinha 15 das 70 mesas vagas, o hotel de luxo na Madeira Reid´s Palace não dispunha de mais lugares disponíveis para o seu reveillon.

Este hotel disponibiliza três sugestões para a entrada do Novo Ano, à medida de três dos seus restaurantes.

Assim, o jantar de gala no "The Dining Room" custa 280 euros por pessoa, tal como no "Les Faunes" e ambos exigem cuidados na vestimenta dos clientes.

No primeiro local podem-se degustar legumes grelhados com alho e orégãos, terrina de borrego com ervas e rolo de espada com salmão e alga "nori", enquanto no segundo estará à disposição rolo de foie gras cozido no guardanapo com frutos silvestres e compota de cenoura agridoce, filete de novilho grelhado com ervas, legumes guisados e rolo de batata crocante com cebola roxa, entre muitos outros pratos.

Menos informal e mais acessível, 160 euros por pessoa, o restaurante no Villa Cipriani fornece uma pequena lasanha de boletos com guisado de vitela e pesto de menta, filetes de tamboril com courgettes e bolo de cenoura e molho de Martini seco.

Este hotel oferece, às 01:30 do primeiro dia do ano, uma canja de galinha e sanduíches de frango, como forma de cumprir a tradição madeirense.

Os parques de campismo são uma hipótese mais económica para quem quiser comemorar a passagem do ano.

Por exemplo, no parque de Cerdeira, próximo da Galiza, um reveillon custa 35 euros por adulto e 20 euros por criança e é antecedido por um dia de actividades radicais na serra do Gerês.

Para retemperar forças, o parque coloca na mesa como entradas tapas variadas, rissóis de carne e de peixe, croquetes e bolinhos de bacalhau e polvo com molho verde.

Segue-se, de acordo com a informação disponibilizada na Internet, bacalhau de marisco e um segundo prato de tornedó.

Quem não quiser gastar dinheiro na sua passagem de ano tem ao dispor diversas festas de rua, como a organizada pela Câmara de Lisboa, na Praça do Comércio, ou ainda no Casino de Lisboa, onde os The Gift vão actuar.

Um mergulho de fim-de-ano na baía de Sesimbra e os tradicionais mergulhos de Ano Novo em qualquer praia do país estão também programados.

SB

Lusa/Fim

Agência Lusa

Comentários

Critério de publicação de comentários

publicidade

publicidade

publicidade