Isto é uma página de arquivo

Todas as notícias do dia estão agora disponíveis na página principal do portal SAPO

30 de Março de 2008, 18:56

Porto: Associação Feirantes do Distrito do Porto exige Municípios a requalificação mercados e feiras

Fernando Sá adiantou que as autarquias precisam de modernizar os mercados, com melhores bancas e piso, melhores condições sanitárias, e mesmo equipamentos informáticos para uso de computadores e de caixas multibanco.

"Queremos que os mercados sejam modernizados mas mantendo a sua função tradicional", sublinhou.

O comerciante falava a propósito da Assembleia-geral maracada para segunda-feira à noite, na sede da Junta de Freguesia de Campo, em Valongo, para eleição dos corpos gerentes, acto a que Fernando Sá se apresenta como único candidato.

Fernando Sá, que preside também à Federação nacional de associações do sector, considera que há municípios, como o da cidade do Porto, que dão "pouca ou nenhuma atenção à gestão dos mercados e das feiras, de forma a entregá-los a entidades privadas, como acontece nos mercados do Bolhão e do Bom Sucesso".

Diz que os feirantes temem que processos de requalificação de mercados como os da Areosa ou de Rio Tinto, na zona do Porto, resultem em benefício para os comerciantes: "duvidamos que, por exemplo, na Areosa, a requalificação não altere as formas habituais de funcionamento", salientou.

Adiantou que o organismo vai pedir a fiscalização da aplicação do novo Decreto-lei sobre feiras e mercados, publicado pelo Governo e com entrada em vigor a 08 de Maio, e que obriga as Câmaras Municipais a colocar determinados equipamentos nos recintos das feiras.

Vai, ainda, pedir aos Municípios a regulamentação da actividade nos dias feriados, para que as feiras se mantenham nesses dias, ao contrário do que sucede hoje.

O programa da nova Direcção, passa, ainda, pela luta contra a proliferação de grandes superfícies, de modo a "evitar que muitos feirantes abandonem a actividade, devido aos efeitos conjugados da crise económica e da concorrência dos hipermercados e centros comerciais".

Além da eleição dos corpos gerentes, a Assembleia-geral de segunda-feira vai debater o relatório de contas e actividades relativo a 2007, assim como o plano de actividades para 2008.

Com Fernando Sá, concorrem, Alexandrina Maria Castro Ribeiro Simões, a presidente do

Conselho Fiscal, e Armando Francelino Ribeiro da Costa, à presidência da Mesa da Assembleia-geral.

LM.

Lusa/fim

Agência Lusa

Comentários

Critério de publicação de comentários

publicidade

publicidade

publicidade