Isto é uma página de arquivo

Todas as notícias do dia estão agora disponíveis na página principal do portal SAPO

13 de Maio de 2008, 12:02

Fátima: Casamento entre homem e mulher é princípio não negociável - cardeal Saraiva Martins

Perante milhares de peregrinos, na celebração principal da peregrinação de Maio, D. Saraiva Martins apontou vários valores essenciais, tendo destacado o "matrimónio como união estável e fiel de um homem e de uma mulher e não de qualquer outro modo".

A vida, a família, a "caridade concreta, a dignidade pessoal, estendida a todos os momentos e a todas as suas dimensões da existência" foram outros dos "princípios não negociáveis", enumerados pelo cardeal, prefeito da Congregação para a Causa dos Santos, que hoje presidiu à peregrinação de Maio.

"Este é o fundo e o ambiente - humano e cristão - no qual se colocam a mensagem e os acontecimentos da Cova da Iria", afirmou o cardeal aos peregrinos, que encheram o Recinto do Santuário de Fátima.

Perante os peregrinos, D. Saraiva Martins recordou que o "homem de hoje, iludido e desiludido da vida, por vezes parece ter desistido de esperar" por um futuro melhor.

Até porque "caíram as consideradas certezas das ideologias, o bem-estar e o consumismo que aparentemente satisfazem as nossas necessidades e exigências", confirmando a "sua total inconsistência" e "radical incapacidade para fazer feliz o homem do nosso tempo", considerou o purpurado.

Perante a "apostasia (abandono público) da fé" e da "razão", D. Saraiva Martins contrapõe a mensagem de Fátima que veio marcar um "século ensanguentado pela loucura de duas Guerras Mundiais, marcado por nacionalismos exasperados, por ideologias ateias e materialistas".

PJA.

Lusa/Fim

Agência Lusa

Comentários

Critério de publicação de comentários

publicidade

publicidade

publicidade