06 de Fevereiro de 2010, 22:10

Ténis: Fed Cup - Pedro Cordeiro lamenta que jogadoras tenham chegado "pouco rodadas"

"Não foi positivo, porque o objetivo era a manutenção no grupo e não conseguimos. Sabíamos que ia ser complicado, porque estão aqui algumas seleções do 'top' mundial. Por ser em fevereiro, as jogadoras chegam pouco rodadas à Fed Cup e isso fez a diferença", disse Pedro Cordeiro, após a derrota frente à Bulgária.

O "capitão" português referiu que, nos encontros de hoje no Estádio Nacional, em Oeiras, Neuza Silva "acusou a pressão da eliminatória" e Michelle Brito teve uma adversária "com maior ritmo competitivo".

"No primeiro jogo, a Neuza acusou a pressão da eliminatória. Nunca conseguiu expor o seu ténis e agravou quando sentiu um rasgão no adutor. O jogo da Michelle foi equilibrado, mas foi notório o maior ritmo competitivo da adversária", afirmou.

Embora a despromoção não estivesse nos planos, o "capitão" nacional aponta já à subida, depois de no ano passado essa meta ter sido alcançada.

"A federação fez um esforço enorme e queríamos a manutenção no grupo. Para o ano vamos lutar para voltar ao Grupo I", concluiu.

Do lado das jogadoras, Neuza Silva, derrotada pela búlgara Dia Evtimova, reconheceu que acusou a pressão da importância do encontro e não se conseguiu libertar, o que lhe dificultou a "performance".

"Acusei [a pressão]. Com o decorrer do tempo não consegui libertar-me e acabei por agravar algumas lesões que tinha. Não tenho palavras para o que aconteceu, mas temos de levantar a cabeça e seguir em frente", disse a 201.ª jogadora do "ranking" mundial.

Já Michelle Brito, que perdeu com Tsvetana Pironkova, admitiu ter sentido muitas dificuldades no seu encontro, pois a adversária "servia bastante bem", mas frisou que foi uma enorme honra ter jogado no seu país, rejeitando que esse fato lhe possa ter colocado maior pressão.

"Muitas vezes perco o primeiro 'set' com facilidade. Gosto de jogar em casa, estou melhor e acho que saio daqui bem preparada para os próximos torneios. Gosto muito de jogar com a minha equipa e senti-me honrada por jogar em Portugal. Na Fed Cup o objetivo é jogar pelo país", reiterou.

Portugal foi hoje despromovido ao Grupo II da Zona Europa-África da Fed Cup, após as derrotas de Neuza Silva (6-1, 6-1) e Michelle Brito (6-3, 6-3) nos encontros de singulares com a Bulgária, num embate a contar para o "play-off" de despromoção.

MYO.

*** Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico ***

Lusa/fim.

Agência Lusa

Comentários

Critério de publicação de comentários

publicidade

publicidade

publicidade