15 de Janeiro de 2010, 17:14

Haiti/Sismo: Avião da missão portuguesa descola rumo a Barbados

A catástrofe humanitária provocada pelo sismo de terça-feira, no Haiti, que poderá ter provocado 50 mil mortos, segundo a Cruz Vermelha, está a mobilizar forte auxílio, a nível internacional.

O voo da Força Aérea, inicialmente previsto para quinta-feira, e que foi hoje várias vezes adiado, não segue, porém, directamente para o local da catástrofe. Faz uma escala em Cabo Verde e uma outra em Barbados, onde esperará autorização para viajar para o Haiti.

Agência Lusa

Comentários

Critério de publicação de comentários

publicidade

publicidade

publicidade