Isto é uma página de arquivo

Todas as notícias do dia estão agora disponíveis na página principal do portal SAPO

25 de Março de 2008, 09:06

Dengue: Médicos que suspeitem da doença em viajantes do Rio devem fazer análises - DGS

Segundo uma circular informativa dirigida aos médicos do sistema de saúde, a DGS refere ser "admissível que um viajante aparentemente saudável, proveniente da área afectada, venha a manifestar a doença em Portugal".

Por isso, perante uma suspeita de contágio e uma viagem nos últimos 14 dias, os médicos deverão confirmar o diagnóstico através de uma análise laboratorial no Instituto Nacional de Saúde Ricardo Jorge.

Na segunda-feira, o director-geral da Saúde, Francisco George, sublinhou que a doença apenas se transmite através de um mosquito que não existe em Portugal e não de pessoa para pessoa.

No Rio de Janeiro foram confirmadas 48 mortes nos três primeiros meses deste ano, que já ultrapassaram os 31 óbitos registados no Estado em 2007.

Desde o início de 2008, mais de 32 mil casos foram registados no Estado do Rio de Janeiro e quase 100 mortes foram notificadas como suspeitas de dengue, tendo 48 destas sido confirmadas.

Só na cidade do Rio de Janeiro foram divulgadas 30 mortes.

A dengue transmite-se pela picada do mosquito Aedes aegypti e tem efeitos semelhantes aos da gripe, mas em muitos casos é mortal, sobretudo na sua vertente hemorrágica.

PL

Lusa/fim

Agência Lusa

Comentários

Critério de publicação de comentários

publicidade

publicidade

publicidade