Isto é uma página de arquivo

Todas as notícias do dia estão agora disponíveis na página principal do portal SAPO

06 de Outubro de 2011, 14:45

Açores: Governo avança com ações inspetivas contra economia paralela


O inspetor regional das Atividades Económicas, Paulo Machado, que coordena esta equipa multidisciplinar criada pelo Governo Regional para combater o fenómeno da "economia não registada", revelou hoje que a operação abrangerá vários sectores de atividade.

A ação desta equipa, lançada na sequência de denúncias das câmaras de comércio do arquipélago, vai prolongar-se por 2012, pretendendo o executivo que possa vir também a integrar elementos da Inspecção de Finanças.

Paulo Machado admitiu desconhecer a dimensão do fenómeno da economia paralela no arquipélago, mas frisou que "todos têm consciência de que os valores [a ela associados] são elevados".

Na apresentação do novo sítio da Inspeção Regional de Atividades Económicas (IRAE) na Internet, este responsável salientou que o organismo recebe diariamente entre 20 a 30 queixas, um terço das quais origina processos de investigação.

Por seu lado, a secretária regional do Trabalho e Solidariedade Social, Ana Paula Marques, destacou que a nova ferramenta disponibilizada pela IRAE na Internet vai permitir a apresentação de denúncias por via eletrónica.

A entrada em funcionamento deste sítio é "um novo passo no caminho para a proximidade, para a desburocratização".

Ana Paula Marques referiu ainda que a intervenção da IRAE contribui para "assegurar mais transparência", contestando a "conotação negativa" com que por vezes é encarada a sua atuação.

@Lusa

Este artigo foi escrito ao abrigo do novo acordo ortográfico.

Comentários

Critério de publicação de comentários

publicidade

publicidade

publicidade