Isto é uma página de arquivo

Todas as notícias do dia estão agora disponíveis na página principal do portal SAPO

28 de Setembro de 2011, 10:01

Ministério da Educação cancela prémio de 500 euros para melhores alunos do secundário

Nuno CratoO anúncio do fim do prémio de mérito, criado em 2008 pela ministra Maria de Lurdes Rodrigues, apanhou de surpresa todos os diretores das escolas das regiões Norte, Lisboa e Vale do Tejo. O cheque deveria ser entregue depois de amanhã, numa cerimónia designada “Dia do Diploma”, e alguns alunos já tinham sido avisados de que iriram receber o prémio.

Em alternativa, o Governo propôs que estes alunos escolham projetos de apoio a famílias carenciadas ou outros estudantes, previamente selecionados, a quem entregar os 500 euros de mérito. O modo de aviso e os seus termos variou de acordo com cada direção regional de educação.

De acordo com o jornal Público, a Direção Regional de Educação do Norte colocou a informação, ontem, na sua página de Internet. Também ontem, a direção de Lisboa e Vale do Tejo deu conhecimento às escolas por correio electrónico. As escolas que pertencem à direção do Centro tiveram conhecimento por e-mail já no dia 14 de setembro, mas a informação a que tiveram acesso não é coincidente com a veiculada às direções do Norte e de Lisboa.

Em declarações ao jornal, o Ministério da Educação considera que a aplicação do prémio não depende da sua requisição. “O valor pecuniário será afeto a projetos existentes na escola destinados a apoiar alunos ou famílias carenciadas, cabendo ao conselho pedagógico elencar as diversas necessidades”. O Ministério da Educação sublinha ainda que esta alteração pretende incentivar a “solidariedade” dos melhores alunos do ensino secundário.

A Associação Nacional de Diretores de Escolas Públicas considera que é uma “solidariedade forçada” e considera que o Governo criou e defraudou as expectativas dos estudantes. A Confederação das Associações de Pais entende que esta suspensão representa uma marca “completamente contraditória com o discurso da valorização do rigor e da excelência”.

@SAPO

Este artigo foi escrito ao abrigo do novo acordo ortográfico.

Comentários

Critério de publicação de comentários

publicidade

publicidade

publicidade