Isto é uma página de arquivo

Todas as notícias do dia estão agora disponíveis na página principal do portal SAPO

12 de Julho de 2011, 00:06

Moody’s bloqueia acesso aos IP's com origem em Portugal

Ao longo do dia, quem quisesse aceder aos conteúdos da agência financeira norte-americana não conseguia abrir o site.

De acordo com o que se comentava no Twitter e também em alguns grupos do Facebook, um de dois factos podia ter acontecido: a agência de rating norte-americana cortara o acesso ao website a todos os utilizadores que usem um endereço de IP português - o que se confirmou ser verdade - ou o protesto convocado nas redes sociais funcionara.

Grupos no Facebook e mensagens no Twitter convocaram uma acção de protesto que se prolongou até às nove e meia da noite de hoje, segunda-feira, com o intuito de derrubar o site da agência financeira norte-americana a partir de um acesso online em massa.

A classificação de Portugal como “lixo”, atribuída pela Moody's no dia 5 de Junho, está a indignar a comunidade portuguesa. Nas redes sociais multiplicam-se os comentários que veiculam mensagens de raiva relativamente à agência financeira norte-americana.

Durante a semana passada, várias figuras de Estado criticaram a acção pouco fundamentada da agência.

O Presidente da República Cavaco Silva comentou "não haver a mínima justificação" para o corte no rating da dívida portuguesa e apelidou a decisão da Moody's de "escandalosa".

@Nuno de Noronha  

 

 

Este artigo foi escrito ao abrigo do novo acordo ortográfico.

Comentários

Critério de publicação de comentários

publicidade

publicidade

publicidade