Página gerada às 15:58h, sexta-feira 31 de outubro

 

Greenpeace volta a protestar em Berlim com olhos na cimeira de Copenhaga

Tela de protesto da Greenpeace em Berlim, 8 de Novembro de 2009Pela segunda vez em um mês (a primeira foi a 16 de Outubro), membros da Greenpeace penduraram um estandarte gigante em Berlim, com o objectivo de alertar para a necessidade de todos os países se unirem em Copenhaga, na cimeira de Dezembro, de forma a prevenir as alterações climáticas.

Em Outubro, o estandarte da Greenpeace, com quase 50 m de altura, foi pendurado da Coluna da Vitória, um dos monumentos que marcam a paisagem da cidade. Desta vez, o alvo foi um edifício na movimentada avenida Unter den Linden, cuja fachada estava já coberta por uma tela comemorativa da reunificação alemã. A propósito deste acontecimento histórico, lia-se: "1989: juntos, conseguimos". Os activistas da Greenpeace penduraram por baixo desta frase a tela de protesto, da mesma cor, e que dizia "Apenas juntos conseguiremos combater o aquecimento global".

Activistas da Greenpeace no final dum protesto em Berlim, 8 de Novembro de 2009Quando os quatro elementos da Greenpeace saíram, visivelmente com frio e com cobertores enrolados debaixo do braço, as pessoas que tinham parado a ver a tela aplaudiram-nos. Polícias de verde, Greenpeace de azul - mas ambos de fato-macaco, saindo tranquilamente do edifício.


Quem passava na rua a essa hora pode não ter reparado no aparato dos carros dos bombeiros e da polícia, nem na área do passeio vedada, perto da esquina com a Friedrichstrasse. Isto porque mesmo ao lado começam as barreiras que cortam o trânsito no acesso à zona onde se prepara a grande festa dos 20 anos da queda do muro, que se assinalam amanhã. O momento e o lugar certos para os activistas da Greenpeace serem vistos, já que a cidade, e em particular aquela zona, está cheia de visitantes e jornalistas.

08 de novembro de 2009


Comentários

Critério de publicação de comentários