Página gerada às 13:46h, sexta-feira 15 de março

Magazine

O mundo para além das notícias, todas as quartas-feira

Nota da redacção SAPO: a secção Magazine foi descontinuada

Biblioteca Digital Mundial: tesouros do mundo online

A World Digital Library (Biblioteca Digital Mundial) é hoje lançada oficialmente e vai trazer para a internet, num único site, milhares de documentos de todo o mundo com acesso livre, gratuito e em várias línguas.

Estes materiais incluem manuscritos, mapas, livros raros, pautas musicais, gravações de som, vídeo, fotografias e desenhos, entre outras obras de significado cultural. O objectivo, segundo os responsáveis, é "promover o conhecimento e a compreensão inter-culturais, disponibilizar recursos educativos, desenvolver o conteúdo de internet para além da língua inglesa e do mundo ocidental, e contribuir para a investigação."

Entre os tesouros que vão estar disponíveis online encontram-se estelas da Biblioteca Nacional da China; manuscritos científicos árabes (Egipto); as primeiras fotografias da América Latina (Brasil); o Codex Gigas, ou Bíblia do Diabo (o maior manuscrito medieval do mundo, hoje na Biblioteca da Suécia); e obras de caligrafia árabe, persa e turca.

O projecto é uma iniciativa da UNESCO e da Biblioteca do Congresso dos EUA. Em 2005, James H. Billington, director desta última instituição, propôs a criação de uma Biblioteca Digital Mundial numa intervenção perante a UNESCO. O projecto tomou forma com a participação de 32 bibliotecas e arquivos de todo o mundo - e com a assinalável ausência da maioria dos países europeus, à excepção da França, Suécia, Sérvia e Eslovénia.

A Europa, por seu lado, tinha apresentado a 20 de Novembro de 2008 a sua própria biblioteca digital, a Europeana, projecto em que alinharam muitos dos países europeus, incluindo Portugal (representado pelas colecções digitais da Torre do Tombo, da Biblioteca Nacional, da Universidade do Porto e da Biblioteca de Arte da Fundação Gulbenkian). Na World Digital Library, a cultura em língua portuguesa encontra-se representada pela Biblioteca Nacional do Brasil. Será a terceira maior biblioteca digital, atrás do Google Book Search e da Europeana, e vai estar acessível em sete línguas - português, francês, árabe, chinês, espanhol, inglês e russo. O lançamento oficial do projecto tem lugar em Paris.

Veja a entrevista com Abdul Waheed Khan, Director-Geral Adjunto para a Comunicação e Informação da UNESCO, sobre a World Digital Library (em inglês).

Imagem:
Codex Huexotzinco, 1531, que documenta em linguagem pictórica parte do testemunho de um processo judicial contra os representantes do governo colonial no México, 10 anos após a conquista espanhola de 1521 (Livraria do Congresso).

Saber mais:
World Digital Library
Europeana
Biblioteca Digital The Internet Archive

Bibliotecas digitais em língua portuguesa:
Biblioteca Nacional Digital
Biblioteca Digital Luís de Camões
Biblioteca de Arte da Fundação Calouste Gulbenkian
Torre do Tombo Online
Biblioteca Nacional Digital do Brasil

20 de abril de 2009


Comentários

Critério de publicação de comentários