Página gerada às 13:44h, sexta-feira 15 de março

Magazine

O mundo para além das notícias, todas as quartas-feira

Nota da redacção SAPO: a secção Magazine foi descontinuada

Arca de Noé nas neves do Árctico

Há quem o veja como a tábua de salvação caso haja uma guerra nuclear ou um desastre climático global: trata-se do banco de sementes de Svalbard, que comemorou a 26 de Fevereiro de 2009 o seu primeiro aniversário. Este silo, enterrado nas montanhas geladas de uma ilha norueguesa, guarda uma colecção valiosa de amostras de sementes para salvaguardar a biodiversidade de espécies que possam alimentar as populações do mundo no futuro.

Veja a galeria de imagens do Banco Global de Sementes de Svalbard

O silo funciona como um cofre-forte, no qual os bancos genéticos de todo o mundo podem deixar um depósito com cópias das suas sementes. De acordo com os estudos do projecto, várias sementes poderão sobreviver centenas, ou mesmo milhares de anos.

O silo foi construído na ilha de Spitsbergen, a cerca de 1120 km do Pólo Norte, a 120 m de profundidade, dentro de uma montanha. As condições do local são consideradas ideais: a temperatura ambiente reduz o esforço necessário para manter as sementes à temperatura ideal de conservação (-18 graus Celsius); a actividade tectónica é inexistente; a altitude de 130m acima do mar garante que o local ficará a salvo caso os gelos polares derretam. O permafrost também ajuda à conservação das sementes caso haja uma falha no sistema de arrefecimento. Além disso, politicamente, a Noruega e a região envolvente são consideradas uma zona estável, pouco sujeita a conflitos.

A iniciativa é da responsabilidade do governo norueguês, do Fundo para a Diversidade Global de Cultivos (Global Crop Diversity Trust) e do Banco de Genes Norueguês (Nordic Gene Bank), e teve o apoio, entre outras instituições, da Melissa & Bill Gates Foundation.

Ao fim de um ano de actividade, o silo tem mais 400 mil amostras de sementes, depositadas por 25 bancos de genes nacionais de todo o mundo, incluindo sementes portuguesas. Mais de 90 mil amostras chegaram nas comemorações deste primeiro aniversário.

Imagem:
Mari Tefre/Global Crop Diversity Trust

Saber mais:
Site do Svalbard Global Seed Vault
Mapa da Noruega e de Svalbard
O que é um banco genético - site da Bioversity (em inglês)
Site do Global Crop Diversity Trust
Relatórios e indicadores da FAO sobre a situação alimentar no mundo (em espanhol)

04 de março de 2009


Comentários

Critério de publicação de comentários