Página gerada às 13:58h, terça-feira 17 de dezembro

Magazine

O mundo para além das notícias, todas as quartas-feira

Nota da redacção SAPO: a secção Magazine foi descontinuada

Paparazzo, o original, faz 50 anos

Imagem: fotograma de La Dolce Vita

 

Há 50 anos estreou La Dolce Vita, de Federico Fellini - o filme da famosa cena na fonte de Trevi, com Anita Ekberg (no papel de estrela de cinema) e Marcelo Mastroianni (jornalista sempre distraído pelas mulheres que cruzam o seu caminho).

Mas La Dolce Vita apresentou-nos também Paparazzo, personagem menor que ficou como legado à cultura popular. Num filme cuja acção se passa entre o glamour das estrelas e as vielas escuras de Roma, entre tragédias familiares e o flash persistente das máquinas fotográficas, Papparazzo, sempre à caça de famosos, a tomar de assalto celebridades, festas e dramas, saíu do ecrã para a nossa linguagem actual.

No filme, Paparazzo (papel desempenhado por Walter Santesso) acompanha Mastroianni nos seus trabalhos jornalísticos, desde visitas a actrizes até reportagens sobre alegadas aparições da Virgem a crianças. Quando Steiner, um amigo de Marcelo, se suicida, Paparazzo está entre os que fotografam a viúva antes de ela mesma saber o motivo dos flashes. Mais tarde, persegue-a numa vespa, fotografando-o com a inseparável Rolleiflex. E onde houver uma estrela, ele ainda lá está.

 

Excerto de La Dolce Vita: os paparazzi esperam a viúva de Steiner (vídeo)

Vida e obra de Felini

03 de fevereiro de 2010


Comentários

Critério de publicação de comentários