Isto é uma página de arquivo

Todas as notícias do dia estão agora disponíveis na página principal do portal SAPO

2011: Frases do Ano

  • "Amem a Dilma [Roussef] como vocês me amaram."

    Lula da Silva (na tomada de posse de Dilma)

    01-01-2011

  • "A direita portuguesa parece que saliva com simples possibilidade de tirar proventos partidários de uma eventual entrada do FMI em Portugal."

    Augusto Santos Silva

    10-01-2011

  • “O Governo português, Portugal não vai pedir nenhuma ajuda financeira, nenhuma assistência financeira, pela simples razão que não é necessário.”

    José Sócrates

    11-01-2011

  • “Tenho muito pouco apetite para utilizar a bomba atómica [dissolução da Assembleia da República].”

    Cavaco Silva

    19-01-2011

  • “Tanto a chanceler Merkel como eu, nunca, nunca, vamos virar as costas ao euro. Nunca vamos abandonar o euro.”

    Nicolas Sarkozy

    27-01-2011

  • “Sempre fiz com que todas as mulheres se sentissem, como hei-de dizer… especiais.”

    Sílvio Berlusconi

    14-02-2011

  • “Nunca disse que Portugal precisava de pedir ajuda externa.”

    Ângela Merkel (após o encontro com José Sócrates)

    02-03-2011

  • “É necessário um sobressalto cívico que faça despertar os portugueses para a necessidade de uma sociedade civil forte, dinâmica e, sobretudo, mais autónoma perante os poderes públicos.”

    Cavaco Silva (discurso da tomada de posse como PR)

    09-03-2011

  • “[A entrada no mercado chinês permite] uma afluência de 400, 500 pessoas todos os fins-de-semana em charters para Lisboa [ficando o] Sporting com parte do lucro.”

    Paulo Futre

    24-03-2011

  • “Eu já ouvi o primeiro-ministro [José Sócrates] dizer, infelizmente, que o PSD quer acabar com muitas coisas e também com o 13.º mês, mas nós nunca falámos disso e isso é um disparate.”

    Pedro Passos Coelho

    01-04-2011

  • “Entre nós e o FMI há 10 milhões de portugueses.”

    José Sócrates

    04-04-2011

  • “Se soubesse como o país ia ficar, não fazia a Revolução.”

    Otelo Saraiva de Carvalho

    13-04-2011

  • “Se, seja por que razão for, eu não puder ser nomeado presidente da Assembleia da República, renuncio imediatamente ao mandato de deputado. Não serei só um deputado.”

    Fernando Nobre

    16-04-2011

  • “Os jornalistas, em vez de andarem a discutir as grandes questões que podem mudar Portugal, andam a discutir – passe a expressão – pentelhos.”

    Eduardo Catroga

    11-05-2011

  • “Se estou magoado com a saída de [André] Villas-Boas [para o Chelsea]? Ando nisto há 30 anos, não é fácil magoarem-me. Só me magoaria se caísse de um 7º andar.”

    Pinto da Costa

    22-06-2011

  • “Angela Merkel está a destruir a minha Europa.”

    Helmut Kohl, antigo presidente alemão

    18-07-2011

  • “Devíamos vender o ouro que anda ao pescoço dos santos nas procissões.”

    D. Manuel Martins (ex-bispo de Setúbal)

    13-08-2011

  • "Não me considero rico, sou trabalhador"

    Américo Amorim

    14-08-2011

  • "A dívida da Madeira está aqui à vista, sabe-se onde estão as estradas, os centros de saúde, os campos de futebol, os bairros de habitação. Está tudo a vista o que se construiu»

    Alberto João Jardim

    04-09-2011

  • “[A suspensão dos subsídios de férias e de Natal da administração pública e dos pensionistas é] a violação de um princípio básico de equidade fiscal. Mudou o Governo, mas eu não mudei de opinião.”

    Cavaco Silva

    19-10-2011

  • “Foi a profissão de advogado que me ensinou que as raposas mudam de pelo, mas não mudam de género nem de hábitos.”

    Marinho Pinto

    11-11-2011

  • “Não gosto do Sporting. No meu bairro, era o clube da elite, da polícia e dos racistas.”

    Eusébio

    12-11-2011

  • “A austeridade é a receita para o suicídio económico.”

    Joseph Stiglitz, Nobel da Economia em 2001

    24-11-2011

  • “Se a Europa não muda, terá de haver uma revolução.”

    Mário Soares

    29-11-2011

  • “O primeiro-ministro pré-anunciou mais medidas de austeridade para o próximo ano. Quer dizer, em vez de dar soluções, o primeiro-ministro dá pesadelos aos portugueses.”

    António José Seguro

    01-12-2011

2011: um milhão de notícias para medir o pulso do ano

Este ano, o SAPO faz não só uma seleção dos acontecimentos e imagens que marcaram 2011, mas também uma análise da atenção que os media portugueses deram a esses acontecimentos. O resultado dessa análise é a cronologia que apresentamos nesta página: "2011 nas notícias".

A cronologia "2011 nas notícias" apresenta os acontecimentos que marcaram o ano com base na projeção que lhes foi dada pelos media. Esta projeção é medida pelo número de notícias dedicadas a cada acontecimento. Quanto maior o número de notícias, mais elevada a posição de cada acontecimento no painel de navegação. A escala de cores (amarelo, laranja e vermelho) reforça a leitura das posições relativas de cada tema.

Mas esta análise vai mais longe: agrupando alguns acontecimentos pontuais nos temas alargados de que estes fazem parte (por exemplo, a Primavera Árabe ou a Europa em Crise), é possível ver de que forma, ao longo de todo o ano, estes temas estiveram mais ou menos presentes nas notícias.

Foram analisadas cerca de 1 milhão de notícias provenientes de 62 sites noticiosos online, publicadas ao longo do ano de 2011. A identificação dos acontecimentos relevantes nas notícias foi feita automaticamente e de duas formas distintas: (i) com base em palavras-chave indicadoras de um acontecimento importante e (ii) com base na identificação das personalidades públicas que são mencionadas nas notícias. Esta análise, coordenada pelo investigador Jorge Teixeira, resulta da colaboração entre o SAPO Labs, a Universidade do Porto e o SAPO Notícias.

Ano em Revista nos Blogs do SAPO

Mas não são só pelas notícias passa a nossa visão dos acontecimentos: em 2011, os utilizadores dos Blogs do SAPO publicaram mais de 100 milhões de palavras. Partimos à descoberta dessas palavras, das personalidades e assuntos que tanto deram que escrever. Veja também o especial 2011 em Revista nos Blogs.

publicidade